Não reclame, agradeça!

Reclamar de tudo e de todos está se tornando um mau hábito para muitas pessoas. Rotineiramente reclamamos desde o despertar culpando o relógio, percorrendo os caminhos de ida e vinda pelo trânsito e transportes públicos abarrotados, o trabalho que sempre tem muita coisa pelo pouco que recebemos e até na hora do repouso pelo estresse do dia. Percebemos essa energia negativa colada ao nosso dia a dia? Temos a noção do quanto isso nos faz mal? Somos seres tão negativos ou o meio que nos transforma? Não reclame, agradeça!

Mudar pode ser mais fácil que imaginas. Basta iniciar um hábito observando de outras formas, outros ângulos ou respirar o diferente. Eu mesmo me pergunto o que causou minha irritação em vários momentos do dia e, quase sempre, foram meus próprios atos. Explico. No trânsito sempre fico nervoso quando alguém me fecha ou entra sem avisar, a famosa lenda da seta desaparecida, mas se você respirar e deixar passar nem precisará blasfemar sinônimos ofensivos por minutos. Quando alguém tira algo que você colocou em um lugar, inúmeras vezes, veja se realmente aquele lugar é o melhor e pergunte a si a razão. Quando uma pessoa estaciona na frente da sua garagem e você fica horas buzinando (são folgados mesmos), respire fundo que tem que esperar a boa vontade. Não é fácil admito. Todavia sempre os atos alheios não são os melhores, porém não temos o poder de mudar o próximo. Portanto, mudamos o nosso ser.

Agradecer não é a solução para todos esses problemas, mas ameniza e você compreende que seus atos podem ser melhores. Como escoteiro sempre vem à mente um dos artigos que “o escoteiro é alegre e sorri nas dificuldades”. Ninguém disse que a risada não poderia ser irônica. Brincadeirinha. Contudo, agradecer talvez possa ser um mantra onde nos acalmamos e não para ser um tolo e desprendido de direitos e deveres. Agradeça pela oportunidade de ver com outros olhos, de poder ceder seu lugar a outro, de poder acordar e ter um trabalho, de voltar para uma casa, de poder sorrir, sentir e ver todas as cores, cheiros, texturas e temperaturas do mundo. Reclame menos e agradeça mais. Isso irá mudar não só você mas o que está a sua volta. Acredite. Eu estou nessa onda, sorrindo e respirando fundo. E olha que nem sei nadar. E não reclamo disso, apenas agradeço que tenho amigos ao meu lado que sabem e podem me salvar. Espero não precisar… (risos)! Então. Não reclame, agradeça!

Por Henrique Braz Rossi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s